luzes para automoveis

É provável que já tenha reparado que, ao conduzir à noite, nem todos os faróis são iguais. Há faróis amarelados, esbranquiçados e até com um brilho azul. Além disso, alguns faróis brilham mais intensamente do que outros.

Faróis de halogénio

Uma lâmpada halógena é composta por um invólucro de vidro resistente a altas temperaturas, um gás que normalmente é uma mistura de argônio e nitrogénio e um filamento de tungstênio. Para emitir luz, a lâmpada halógena recebe energia elétrica da bateria do automóvel, aquecendo até atingir uma temperatura de 2.500°C, momento em que começa a produzir luz.

Vantagens

Os faróis de halogéneo são atualmente a opção mais popular na indústria automóvel, e isso deve-se à sua simplicidade e boa relação preço-qualidade. Uma lâmpada halogénea tem uma vida útil de cerca de 1.000 horas em condições normais e o custo necessário para substituí-la é menor em comparação com a substituição de lâmpadas de outros faróis. Além da simplicidade e boa relação preço-qualidade, estas lâmpadas são também práticas, pois podem ser encontradas em diversos tamanhos, o que as torna convenientes para a maioria dos modelos de automóveis.

Desvantagens

É verdade que a vida útil de uma lâmpada halógena geralmente termina quando o tungstênio evapora do filamento, acumulando-se no invólucro de vidro e tornando-a inoperante. No entanto, o calor gerado por uma lâmpada halógena não afeta diretamente o consumo de energia elétrica, mas pode afetar outros componentes do sistema elétrico do veículo, como o alternador e a bateria. Além disso, o calor excessivo também pode causar danos ao invólucro da lâmpada ou a outras partes do farol.

Faróis de LED

Os faróis de LED para carros funcionam com base em um fluxo constante de elétrons através de um semicondutor, que produz a luz. Eles vêm em diferentes formas e emitem luz de diferentes temperaturas de cor, que são expressas em kelvins. Além disso, são frios ao toque e não contêm elementos tóxicos como chumbo, mercúrio ou cádmio.

Vantagens

Os faróis de LED estão a tornar-se cada vez mais populares devido à sua tecnologia avançada que requer muito menos energia e funciona através de díodos emissores de luz. As lâmpadas de LED para carros usam menos energia do que as lâmpadas halogéneas comuns, chegando a gastar até 10 vezes menos energia elétrica.

Outra vantagem dos faróis de LED é o seu tamanho reduzido, permitindo que sejam projetados em diversas formas e tamanhos. Isso não só os torna compatíveis com diversos modelos de carros, mas também permite que os designers sejam mais criativos e flexíveis na conceção de faróis que conferem um visual mais atrativo aos veículos.

Esses faróis produzem uma luz mais brilhante do que os faróis de halogéneo e uma luz mais quente do que os faróis de xénon. Além disso, oferecem a possibilidade de ajustar automaticamente os níveis de luz durante a condução, como a iluminação para condução em cidade ou em estrada, reduzindo a possibilidade de ofuscar os condutores de veículos que circulam em sentido contrário.

Desvantagens

É verdade que os faróis de LED, ao contrário dos faróis halógenos, não emitem calor na forma de radiação infravermelha. No entanto, como qualquer dispositivo eletrônico que produz luz, uma pequena quantidade de calor é gerada durante o processo de conversão de energia elétrica em luz. Isso pode causar um acúmulo de calor na parte inferior do emissor, o que pode ser prejudicial para os componentes e cabos adjacentes. É por isso que os faróis de LED exigem um sistema de refrigeração para manter a temperatura adequada e evitar danos aos componentes eletrônicos. Geralmente, esses sistemas de refrigeração são instalados no compartimento do motor, o que pode dificultar a manutenção e tornar mais complexa e dispendiosa a instalação dos faróis de LED nos carros.

Faróis de xénon

O nome vem do facto de que as lâmpadas para estes tipos de faróis são preenchidas com xénon (gás), o que faz com que produzam uma luz esbranquiçada típica. Uma vez que a eletricidade passa através deste gás e não há filamento para aquecer e queimar, as lâmpadas de xénon costumam durar mais do que as de halogéneo. Os carros com faróis de xénon devem estar equipados com um mecanismo de lavagem (aspersor). Isto deve-se ao facto de ocorrências como sujidade ou pó poderem dispersar a luz emitida pelos faróis e ofuscar os restantes condutores.

Vantagens

Além do que já foi mencionado, os faróis de xénon têm uma durabilidade maior do que os faróis de halogéneo (cerca de 2.000 horas em condições normais), e a luz que produzem é mais brilhante, o que é particularmente importante para a condução noturna.

Desvantagens

A maior desvantagem é a sua complexidade, já que exigem componentes mais sofisticados e, por conseguinte, mais caros do que os faróis de halogéneo. Além disso, significa que, se houver necessidade de os substituir, terão um custo mais elevado.

OutrasNotícias